Second Level: Make Strangers Laugh | Contacto: manel.cardoso_94@hotmail.com

17
Jul 08

Hoje já vou no terceiro post do dia! Mas o que é que se passa? Exactamente, a senhora aí de trás de vermelho, com o chapéu que parece uma cesta de fruta, acertou. Estou, de férias, numa redacção de um jornal, sem ter nada para fazer. Eu já ouvi de pessoas que iam passar férias às quentíssimas praias de Caminha e Póvoa do Varzim, no Norte do país, mas agora a uma redacção!? Pois eu chego às três e meia e saio às onze e meia e não faço nenhum. Isto chama-se o horário funcionário público: trabal... ir ao emprego oito horas e não terem trabalho para fazer.

Aqui, no Diário de Notícias ouve-se o barulho do teclado a ser incessantemente usado, ouve-se “Oh pá, hoje não temos espaço nenhum” (para as notícias); ouve-se falar de um “velho” qualquer, que é um importante político; ouve-se “fechámos mais esta!” (página); ouve-se “quero 3000 caracteres”; ouve-se “olha, o Manel! Manel, hoje vais trabalhar, vais fazer breves*!” (*pequenas notícias). E eu até queria fazer breves, não tenho nada para fazer! Por isso escrevo posts a torto e a direito. “Demos um banho ao Público!”, “O Correio de hoje tem uma notícia que nos já tínhamos dado!”, “Afinal não tenho pouco espaço, tenho espaço a mais!”, “Daqui a bocado estou a por uma história de uma casa de alterne de Mangualde. Por acaso é uma história gira.”. Chega.

mas o que é isto? sabem que raio de besta escreveu isto? Manuel Cardoso às 20:28

Toda a gente sabe que vem aí para o blogue um paspalho qualquer. Enquanto o gajo não vem para estragar tudo, deixem-me usufruir da minha crónica aqui no Teorema, coisa que raramente faço. Este ano, digo-vos, excedi-me. Agora não sei se vou ter dinheiro para o resto do ano, mas, estas férias, fui passar uma semana à Fonte da Telha! A praia é fantástica, tirando o facto da água às vezes tender para o gelado. Os restaurantes à volta da praia são excepcionais, tirando o facto de os alimentos serem manuseados com as mãos. Quando soube disso, fui imediatamente à cozinha, com o prato na mão, tendo em vista uma conversa com o chef do restaurante “Churrasqueira Albertino”.

- Ouça lá, o senhor cozinhou isto manuseando os alimentos com as mãos? O senhor lavou as mãos?

- Eu lavar, lavei... não sei é se foi antes ou depois de mijar! – respondeu-me utilizando uma piada antiga, mesmo assim, vomitei e, obviamente, mandei o prato para trás, querendo que me fizessem outro igual, mas feito com as mínimas condições higiénicas. Lá fizeram. Comi o ½ frango assado com batatas e depois um senhor dos seus 95 anos, da mesa ou lado, disse-me:

- Não devia ter mandado para trás o prato. De certeza que desta vez a comida veio acompanhada de uma escarreta do chefe.

As coisas que uma pessoa aprende em férias, hem?

mas o que é isto? sabem que raio de besta escreveu isto? Manuel Cardoso às 19:45

O Nuno Markl já traduziu o Always Look on The Bright Side of Life, dos Monty Phyton, para português, ficando "Olha sempre para o lado fixe da vida!". Vou tentar fazer uma parecida.

Tens de ser positivo com a vida!

Há coisas más na vida
Difíceis para com quem as lida
E com outras tu és um resmungão
Quando a vida é porcaria
Cala a boca, assobia
Só isso vai-te mesmo ajudar
E...

Tens de ser positivo co’a vida!
Tens de ser positivo co’a vida!

Se a vida parece nojenta
Tu tens a mente lenta
E isso é para rir, sorrir, dançar cantar.
Se te sentes na lixeira
Resolve desta maneira
Assobia, assobia, até cansar!
E...

Tens de ser... positivo co’ a vida!
Tens de ser... positivo co’a vida!


A vida é quase nada,
Com a morte ela acaba
Precisas é de vivê-la bem.
Esquece o teu pecado – sorri para todo o lado.
Aproveita que só vives até aos 100.
E...

Tens de ser... positivo co’ a morte!
O mais positivo é realmente o mais forte!

A vida é bem chata
E tem uma granda lata,
Ri-te com a vida e com a morte também
Isto é uma brincadeira
‘Tar amuado é uma canseira
Não tens menos sorte do que o resto tém!
E...

Tens de ser... positivo co’ a vida!
Tens de ser... positivo co’a vida!

Vamos lá, alegria!
Há coisas piores, hã?
Nós vimos do nada, vamos para o nada! O que perdemos? Nada!

mas o que é isto? sabem que raio de besta escreveu isto? Manuel Cardoso às 17:30

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
18
19

23
25
26

27
28
29
30
31


Mais Sobre Esta Patética Figura A Que Resolveram Chamar Manuel Cardoso, Nome Que Não É Grande Coisa, Mas Que É Melhor Que Luís António Cardoso - Nome Posto Em Cima da Mesa No Processo de Escolha Onomástica
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO